terça-feira, 28 de junho de 2011

A chama da vida em gotas de orvalho


Furibica busca inspiração para a vida.
Busca a felicidade,
Busca a ironia e o sarcasmo quando a vida não lhe permite a felicidade ingênua e natural.

Furibica busca o que não alcança por si só:
A profundidade dos sentimentos que não pode ter.

É a chama da vida em gotas de orvalho que me fazem refletir...
E nesse espelho, reflito minha alma.

sábado, 25 de junho de 2011




Eu estou....


sem a menor condição de mudar absolutamente nada sem que sinta o mundo cair

domingo, 19 de junho de 2011

Qual é a cor do seu jardim?

Furibica percebe a delicadeza da vida, onde movimentos bruscos nem sempre são bem vindos.

Diante dessa realidade, Furibica questiona: qual é a cor do seu jardim? Você permite que a delicadeza da vida toque a sua alma, ou apenas se defende de predadores, sem nem sentir a felicidade que a vida pode proporcionar?

Furibica reflete sobre, e reflete-se sobre as águas, sobre o bom jardim que cultivou para sentir a vida brilhar através de si mesma.

Um Bom domingo, e que seu jardim esteja sempre pronto, bonito e colorido.

domingo, 12 de junho de 2011

12 de junho

Furibica está curtindo cada momento ao lado de um amor indescritível...



Lembrando de uma das melhores escolhas que fez na vida, quando decidiu que poderia sim amar alguém tão intensamente...



E sonha acordada, FELIZ, satisfeita por AMAR alguém assim...


Feliz Dia dos Namorados
à todos que têem a quem amar!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Furibica e a vida



Furbica observa a vida...

... e a admira...

... e em seus diversos aspectos...

... se impressiona com tanta beleza...